Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Ana Free

Lembra-se de Ana Free? Acabou de ser mãe e está bem longe de Portugal

Há mais de dez anos, Ana Free fez furor em Portugal, como uma das primeiras cantoras a ganhar notoriedade através do YouTube. 'In My Place' foi um dos seus êxitos. Saiba onde está hoje Ana Gomes Ferreira, Free para os fãs e amigos

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Fez furor em Portugal há mais de dez anos, tornando-se uma das primeiras cantoras a ganhar notoriedade sem precisar de assinar um contrato discográfico, partilhando antes, de forma direta, os seus vídeos no YouTube. Falamos de Ana Gomes Ferreira, que assinava as suas canções - temas originais e versões de artistas como Sheryl Crow ou Rolling Stone - como Ana Free.

Na altura, o impacto destes vídeos, visualizados e comentados por milhares de fãs, chamou a atenção da imprensa e de uma operadora de telecomunicações, que usou 'In My Place', um dos originais de Ana Free, numa campanha publicitária.

Em março de 2009, a BLITZ falava com Ana Free e também com a sua amiga Maria António Sampaio Rosa, mais conhecida por Mia Rose. Amigas de escola - mais precisamente do colégio de Saint Julian's, em Carcavelos -, as duas jovens tinham muito em comum, desde a paixão pela música à ligação ao Reino Unido (a mãe de Ana Free é inglesa, Mia Rose estudara em Londres).

“Nunca tinham dado um concerto na vida e já tinham 'atuado' para o maior público de sempre. Onde a qualidade de som não interessa, onde o ambiente não interessa, onde o menos é mais”, escrevia a BLITZ em 2009, considerando que Ana Free e Mia Rose “foram das primeiras a nascer numa lógica a que os [artistas] da velha guarda se vêm ainda adaptando”.

Nascida em junho de 1987 em Lisboa, Ana Free começou a aprender guitarra com o pai, aos 8 anos. Tentou depois as aulas de piano, na adolescência, e vibrava com a dança - fez jazz, ballet, sapateado. Influenciada pelos gostos musicais do pai, fã de Beatles, Eric Clapton ou Joni Mitchell, começou a escrever canções aos 11 anos e alguns anos depois usava a net, e mais precisamente o YouTube, como montra de uma carreira que produziu vários singles que chegaram à banda-sonora de séries e novelas como “Morangos com Açúcar” e “Podia Acabar o Mundo”.

Em 2008, licenciou-se em Economia em Londres e desde 2016 que vive e trabalha em Los Angeles, nos Estados Unidos, com o músico argentino Rodrigo Crespo, de quem acaba de ter a segunda filha, Amelie. O momento de felicidade foi partilhado por Ana Free nas redes sociais, um veículo natural para quem desde os 20 anos encontra na net uma segunda casa.