Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Trump passou 'In the Air Tonight' num comício. Phil Collins ameaçou processá-lo

O êxito de 1981 de Phil Collins foi escolha musical de um comício de Donald Trump no estado do Iowa. O músico britânico chamou os advogados

Phil Collins ameaçou processar Donald Trump, após o atual presidente ter recorrido, de forma indevida, ao clássico 'In the Air Tonight' durante um comício no Iowa.

Um representante do músico disse, ao website Consequence of Sound, que Collins e sua respetiva equipa enviaram já uma notificação extrajudicial à campanha Trump, para que não volte a usar as canções do ex-Genesis sem permissão.

Phil Collins junta-se, assim, à vasta lista dos artistas que enviaram este tipo de notificações a Donald Trump, por uso indevido das suas canções. Rolling Stones, Neil Young ou os herdeiros de Leonard Cohen são alguns dos que também o fizeram.