Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Notícias

Posto Emissor #33: BLITZ convida Manuel João Vieira. Dos fados “proibidos” à extinção da espécie humana

Manuel João Vieira, líder dos Ena Pá 2000, Irmãos Catita e artífice de vários alter-egos musicais, é o convidado desta semana do Posto Emissor. Em vésperas da edição de “Anatomia do Fado”, um álbum de fados humorísticos, o artista fala-nos de pandemia, ditaduras, touradas e vários futuros: do país, do planeta e do homem. A manifestação pela sobrevivência das salas de espetáculos e os candidatos presidenciais são outros temas de conversa

Manuel João Vieira é o convidado desta semana do Posto Emissor, o podcast semanal da BLITZ, e em conversa com Luís Guerra e Mário Rui Vieira, o músico dos Ena Pá 2000, Irmãos Catita e projetos como Corações de Atum ou Lello Perdido apresenta um álbum em nome próprio, "Anatomia do Fado", onde interpreta fados humorísticos de outros tempos e originais da sua lavra (e não só). É editado esta sexta-feira.

Ao podcast da BLITZ, o artista fala-nos de pandemia, ditaduras e touradas, perspectivando ainda o futuro do país, do planeta e do próprio ser humano. A manifestação pela sobrevivência das salas de espetáculos e as candidaturas presidenciais são outros temas de conversa.

No programa desta semana falamos de novos discos de Jónsi, vocalista dos Sigur Rós, e Thurston Moore (ex-Sonic Youth), e de uma parceria improvável entre a cantora francesa Melody Gardot e o português António Zambujo.

A apresentação do episódio 33 do Posto Emissor está a cargo de Luís Guerra; a edição multimédia é de Rúben Tiago Pereira.

Sejam bem-vindos.