Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Johnny Rotten dos Sex Pistols vai mesmo votar em Donald Trump. “Também já fui acusado de ser racista”

Uma das figuras mais emblemáticas do punk rock, Johnny Rotten é cidadão dos Estados Unidos desde 2013 e explica a sua opção por Trump

Johnny Rotten, dos Sex Pistols, reafirmou que irá votar em Donald Trump, nas eleições presidenciais norte-americanas.

O músico, cidadão dos Estados Unidos desde 2013, deu uma entrevista ao jornal The Observer na qual afirma que Trump "é a única escolha sensata", e que Joe Biden, candidato pelo Partido Democrata, "não tem capacidade para ser o homem do leme".

Existe, também, simpatia por parte desta figura máxima do punk rock para com as acusações de racismo de que Trump foi alvo - algo que também lhe aconteceu, no passado. "Fui acusado do mesmo, por isso sinto-me ofendido por todos os que são acusados disso", disse.

Quanto à morte de George Floyd às mãos da polícia, o intérprete de 'Anarchy in the UK' afirma que tal incidente "foi chocante" mas que o mesmo "não significa que todos os polícias sejam maus ou todos os brancos sejam racistas. Todas as vidas importam".