Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Eddie Van Halen em 1978

Getty Images

Será esta a melhor guitarrada de sempre de Eddie Van Halen?

A vida de Mike McCready, guitarrista dos Pearl Jam, mudou aos 11 anos quando o professor de guitarra lhe mostrou uma obra-prima de Eddie Van Halen. Será este o maior feito do músico, falecido esta terça-feira?

"Quando tinha 11 anos, estava em casa do meu professor de guitarra e ele pôs a tocar 'Eruption'. Soava como se fosse oriundo doutro planeta. Eu estava só a aprender acordes básicos, coisas como AC/DC e Deep Purple; 'Eruption' parecia não fazer muito sentido, mas era gloriosa, tal como ouvir Mozart pela primeira vez". As palavras são de Mike McCready, guitarrista dos Pearl Jam, quando instado a escolher a 'guitarrada' que mudou a sua vida. Na edição de 8 de dezembro de 2011 da revista Rolling Stone, dedicada aos guitarristas mais influentes de todos os tempos, o senhor das seis cordas dos Pearl Jam não hesitou: a sua escolha só poderia ser Eddie Van Halen, o 'guitar hero' dos Van Halen, falecido esta terça-feira.

"O Eddie é um mestre dos riffs: 'Unchained', 'Take Your Whiskey Home', o início de 'Ain't Talking 'Bout Love'. Ele consegue sons que não são necessariamente sons de guitarra muitos harmónicos, texturas que surgem só pela forma como ele maneja a palheta. Há um momento em 'Unchained' em que parece que há outro instrumento no riff", exulta McCready.

"Muito do que acontece está nas mãos dele: a forma como segura na palheta entre o polegar e o dedo médio, o que liberta o indicador para o tapping [técnica de martelar a corda]. Quando descobri que ele tocava assim, eu próprio tentei, mas era demasiado estranho. Mas para além disso, o Eddie tem alma. É como o Hendrix: podes tocar as coisas que ele fez, mas há um sempre um fator chave que não consegues alcançar. (...) Percebes quando estás diante de um mestre", concluiu.

Eddie Van Halen morreu a 6 de outubro, aos 65 anos, vítima de cancro.