Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Kenny Goss e George Michael

Getty Images

Ex-namorado de George Michael pede mesada aos herdeiros. E explica porquê

Kenny Goss, ex-namorado de George Michael, quer uma mesada de milhares de euros, quatro anos depois da morte do artista britânico

Kenny Goss, ex-namorado de George Michael, pediu uma mesada de, no mínimo, 15 mil libras mensais (mais de 16 mil euros) aos herdeiros do artista britânico. O ex-negociante de arte norte-americano, de 62 anos, namorou com Michael durante 13 anos, tendo-se separado dele em 2009, 7 anos antes da sua morte.

Segundo o jornal The Sun, Goss esclarece que recebia uma mesada do artista, quando este morreu, e que estava dependente desse dinheiro, visto que terá desistido da sua carreira para se dedicar em exclusivo a Michael. Apesar da mesada, o norte-americano não viu o seu nome inscrito no testamento e diz agora que o artista "não estava bem da cabeça" quando o fez.

"Nos últimos anos em que estiveram juntos, o Kenny tornou-se um marido dedicou-se a tratar das finanças do George", diz uma fonte ao jornal britânico, "ele diz que desistiu da sua carreira para se concentrar na relação e ajudou a criar uma fundação de solidariedade com o George. Recebia uma mesada generosa da qual passou a depender e acredita que continua a ter direito a ela".