Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Luísa Sobral

Rita Carmo

Luísa Sobral: “Em Israel, uma senhora disse que sentia mais a minha música em português. Fiquei ‘fogo, maior parte do que canto é inglês’”

"A verdade é que, hoje em dia, só canto em português e sinto que isso não é um problema para a relação que tenho com as pessoas. Pelo contrário", assume Luísa Sobral no podcast Posto Emissor. Para ouvir aqui

Luísa Sobral recordou, no podcast Posto Emissor, um episódio que viveu quando, há alguns anos, foi tocar a Israel: "Dei um workshop de escrita e houve uma senhora que disse 'não sei porquê, quando canta em português não percebo nada mas sinto muito mais do que quando canta em inglês. Naquela altura fiquei, ‘fogo, maior parte do que eu canto é em inglês, então ela quase que não sente nada’".

"A verdade é que, hoje em dia, só canto em português e sinto que isso não é nada um problema para a relação que tenho com as pessoas. Pelo contrário”. Ouça a partir dos 30’52.

Luísa Sobral regressa aos palcos a 6 de outubro para um concerto no Teatro da Trindade, em Lisboa. O espetáculo servirá de encerramento ao ciclo de "Rosa", o seu mais recente álbum, e a artista promete apresentar algumas novidades.

Entre 16 e 19 de outubro sobe ao palco do Coliseu do Porto, junto com António Zambujo, César Mourão e Miguel Araújo, para os Desconcertos.