Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Lady Gaga: "Já não me odeio. Aprendi a amar-me outra vez"

Lady Gaga confessou, em entrevista, que durante algum tempo se viu como a sua própria pior inimiga

Lady Gaga deu uma entrevista ao programa "Sunday Morning", da CBS, onde abordou a sua luta contra a depressão e a ansiedade.

A dada altura, contou, "desisti de mim". "Odiava ser famosa. Odiava ser uma estrela. Sentia-me exausta e usada".

"Olhava para o meu piano e pensava: 'arruinaste a minha vida. 'Tornaste-me na Lady Gaga. A Lady Gaga é a minha maior inimiga'".

Agora, explica, "já não me odeio. Aprendi a amar-me outra vez. Olho para este piano e penso: 'eis o piano que amo tanto!'".

A artista norte-americana salientou que a sua amizade com Elton John a ajudou durante os períodos mais negros da sua vida: "Ele liga-me sempre quando estou em baixo", contou.

"Normalmente não atendo, porque me isolo. E depois recebo uma mensagem onde dizem que estão a pensar em mim".

"Um conselho: se se isolarem por muito tempo, acabam a olhar para o espaço sozinhos", completou.