Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Bruce Springsteen: "A supremacia branca e o privilégio branco foram muito mais longe do que imaginei"

Bruce Springsteen está preocupado com os conflitos raciais no seu país, os Estados Unidos

Bruce Springsteen encarou o movimento Black Lives Matter como um sinal de "tremenda esperança", em nova entrevista à Rolling Stone.

Para o músico, "a supremacia branca e o privilégio branco foram muito mais longe do que imaginei".

"Acho que, dantes, sentia que o racismo e a supremacia branca eram veias nas nossas extremidades, em vez de uma aorta ligada ao coração da nação. É isso que sinto agora", disse.

"Uma sociedade onde as pessoas olham umas para as outras como americanas é possível. [O Black Lives Matter] é um movimento de tremenda esperança, constituído por diversos grupos de jovens, que saíram às ruas", continuou. "E é um movimento do qual a história precisa, neste momento".