Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

“Os Motörhead uniram os punks, os skinheads e o pessoal do metal. Rebentaram com as divisões”. Quem o diz é Lars Ulrich, dos Metallica

O baterista dos Metallica só tem elogios para os Motörhead. “Eram os nossos vizinhos do lado, os tipos que encontrávamos nos pubs. Eram nossos amigos”

Lars Ulrich deu uma entrevista à revista Classic Rock, na qual teceu rasgados elogios aos extintos Motörhead.

Para o baterista dos Metallica, havia na banda de Lemmy - falecido em 2015 - "uma honestidade muito clara".

"Os miúdos da minha geração gostavam dos Led Zeppelin e dos Kiss, mas estas eram compostas por personagens maiores que a vida. Os Motörhead eram os nossos vizinhos do lado, os tipos que encontrávamos nos pubs. Eram nossos amigos", explicou.

"Eles uniram os punks, os skinheads e o pessoal do metal. Rebentaram com as divisões. Toda a gente gostava deles. Foram a primeira banda que realmente conseguiu unir fãs de géneros musicais distintos".