Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Kanye West e a filha North West no desfile da marca Yeezy na Semana de Moda de Paris

Getty Images

Kanye West deixa mensagem perturbadora para a filha. "Vou para a guerra e posso ser assassinado"

"Guerra" de Kanye West contra a indústria musical ganha contornos bizarros

Kanye West voltou em força ao Twitter, partilhando uma série de publicações, nos últimos dias, contra a indústria musical - acusando-a de "escravizar" os artistas.

Após urinar num dos seus Grammys e após ter sido banido por publicar o número de telefone do CEO da Forbes, Kanye regressou ao ataque, esta sexta-feira.

Por entre diatribes anti-indústria, Kanye deixou uma mensagem perturbadora que tinha a sua filha mais velha, North West, como destinatária.

"Vou para a guerra e posso ser assassinado. Não deixes que os media brancos te digam que não fui um homem bom. Quando as pessoas ameaçam tirar-te da minha vida, sabe que te amo", escreveu.

A publicação, entretanto apagada, fez soar o alarme por entre os fãs de Kanye - que temem que o músico esteja a passar por um novo ataque psicótico.