Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Miley Cyrus nos MTV VMA 2020

Getty Images

Miley Cyrus: “Nunca diriam ao Travis Scott que ele precisa de uma luz para ficar mais bonito”

Revoltada com a forma como foi tratada durante as gravações, Miley Cyrus aponta o dedo ao sexismo dos prémios da MTV

Miley Cyrus acusou a MTV de sexismo depois de uma experiência pouco agradável durante as filmagens para a edição deste ano dos prémios VMA. A artista apresentou o seu novo single, 'Midnight Sky', durante a cerimónia, tendo gravado a atuação antecipadamente, e diz agora que teve uma desavença com os produtores devido à iluminação.

O incidente aconteceu depois de Cyrus recusar iluminação especial: "a luz de beleza é sempre usada com mulheres e eu disse para a desligarem. Nunca diriam ao Travis Scott ou ao Adam Levine que eles precisam de uma luz para ficarem mais bonitos”, disse a artista em entrevista ao podcast The Joe Rogan Experience.

Depois de ter ficado com uma pulseira presa no vestido, Cyrus diz que um produtor lhe disse: "queres ser tratada como um homem? Não estaríamos a lidar com isto se fosse um homem". "E eu respondi, 'Bom, um homem não estaria a fazer isto porque um homem não vende o vosso programa com sexo da forma como eu vou fazer".

"Se tivesse sido o Weeknd ou o Kanye, que é um Deus criativo, a fazer o mesmo pedido... Vá lá, porque é que eu sou considerada uma cabra e não um génio criativo?", acrescentou ainda a artista, "ninguém diria o que me disseram ao Kanye West por ele escolher a iluminação que queria para a sua atuação". Recorde abaixo a atuação de Cyrus nos MTV VMA.