Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

DR

Barco de Banksy resgatou 89 pessoas no Mediterrâneo

O misterioso artista de graffiti doou dinheiro que ganhou a vender obras para comprar e equipar embarcação que agora salva refugiados

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Banksy, o misterioso artista de graffiti, é o mentor de um barco destinado a salvar refugiados no Mediterrâneo.

Segundo o Guardian, a embarcação - um iate cor-de-rosa de 31 metros - acolheu 89 pessoas ontem, 27 de agosto.

A sua tripulação é composta por ativistas com experiência em ações de salvamento.

O barco foi batizado como Louise Michel, em homenagem à feminista francesa do mesmo nome, e saiu de Valência, Espanha, rumo ao Mediterrâneo em meados deste mês.

As pessoas salvas serão levadas para um porto seguro ou para uma embarcação da guarda costeira do país europeu mais próximo.

Ao Guardian, Pia Klemp, ativista que está a trabalhar no barco, conta que, em 2019, recebeu uma mensagem de Banksy: "Sou um artista do Reino Unido e ganhei algum dinheiro a vender trabalhos sobre a crise migratória. Claro que não posso ficar com o dinheiro. Podes usá-lo para comprar outro barco ou assim?".

A embarcação está adornada com um dos trabalhos de Banksy, Girl With Balloon, mas em vez de um balão, a menina segura, aqui, uma boia em forma de coração.