Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Fernando Ribeiro

Rita Carmo

Fernando Ribeiro (Moonspell): “Muitos músicos que conheço não fazem absolutamente nada quando não estão em digressão ou em estúdio”

"Tenho de dizer, e contra mim falo, 'estar ocupado' é algo que os músicos dizem apenas para parecer que são fixes e soarem profissionais"

Fernando Ribeiro, dos Moonspell, foi questionado sobre a quantidade de horas que trabalha, em média, por dia, numa entrevista que deu ao site norte-americano Metalheads Forever. "Tenho de dizer, e contra mim falo, 'estar ocupado' é algo que os músicos dizem apenas para parecer que são fixes e soarem profissionais", começou por responder, "muitos dos músicos que conheço não fazem absolutamente nada quando não estão em digressão ou em estúdio".

"É uma questão de organizar bem o tempo, portanto consigo dormir as minhas 8 horas, às vezes até me dou ao luxo de fazer uma sesta", continua o músico, "e leio muito, também, especialmente ao pequeno-almoço. De repente, já foram 500 páginas ou mais. Também cozinho, levo o meu filho à escola, ao karaté, à natação, à praia. A minha mulher, que também é cantora, sofre de fibromialgia portanto muitas vezes está cansada e não pode ajudar assim tanto em casa".

Ribeiro mostra-se "muito contente" com o tempo que tem. "Não sou uma pessoa demasiado centrada em si nem preciso de tempo para mim. Esse é o mal do mundo, está toda a gente muito centrada em si, nos dias que correm".

Os Moonspell reeditaram recentemente o álbum "The Butterfly Effect", de 1999, em CD, vinil e cassete, e regressaram aos palcos a 20 de agosto nas Noites F, em Faro.