Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

David Bruno

David Bruno: “Sou defensor da nossa portugalidade e aprecio os nossos defeitos. Mas o defeito do racismo não. Esse Portugal mete-me nojo”

O músico de Gaia, aplaudido por álbuns que refletem as particularidades da região norte e do resto do país, esclarece que a sua paixão pelo país não se relaciona com “certos movimentos” que despontam em Portugal

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

David Bruno, o músico de Vila Nova de Gaia que acaba de lançar o seu terceiro álbum, "Raiashopping", escreveu uma publicação na qual explica que, apesar do seu carinho por várias particularidades da região norte e do resto do país, afasta qualquer ligação aos "movimentos que vemos [despontar em Portugal] ultimamente".

"Gostava de deixar claro que sou um grande amante e defensor da nossa portugalidade e muitas vezes digo que aprecio inclusive os nossos defeitos. Mas o defeito do racismo e da xenofobia não. Esse Portugal não é meu e mete-me nojo", afirma David Bruno, que antes de "Raiashopping" lançou os aplaudidos "Miramar Confidencial" e "O Último Tango em Mafamude".

"Raiashopping é um regresso às minhas origens e uma homenagem ao Portugal dos cafés com cheirinho, das adegas, das lendas, dos emigrantes, das nacionais esburacadas, do presunto, das tainadas, das avózinhas e dos campeões que bebem minis no café em tronco nu naqueles dias de calor infernal".

"Um vídeo álbum na primeira pessoa sobre a zona raiana da Beira Alta e Trás os Montes mas dedicado a todas as aldeias esquecidas do nosso Portugal interior e à sua riquíssima cultura que jamais deverá ser esquecida", apresenta o autor.

De "Raiashopping", já disponível nas plataformas de streaming, acaba de ser lançado o single 'Praliné'. Veja aqui o vídeo.

Em breve, David Bruno dará vários concertos. A 5 de setembro toca na Casa do Capitão (Beato, Lisboa), a 12 de setembro no Hard Club, no Porto, e a 18 de setembro no Theatro Circo, em Braga.