Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Acusada de abuso sexual, Katy Perry reage: “Vivemos num mundo em que toda a gente diz o que lhe apetece”

A cantora é acusada de má conduta sexual em duas situações. É a primeira vez que Perry comenta os alegados abusos detalhados por um homem e uma mulher

Katy Perry reagiu às acusações de má conduta sexual de que foi alvo, em nova entrevista ao jornal The Guardian.

A cantora, recorde-se, foi acusada de abusos sexuais por parte do modelo Josh Kloss e da apresentadora de televisão Tina Kandelaki.

Em 2018, Kloss, que contracenou com Perry no vídeo para 'Teenage Dream', acusou a cantora de lhe ter puxado as calças e a roupa interior para baixo, durante uma festa, expondo os seus órgãos genitais aos presentes.

Já Kandelaki diz que Perry, alcoolizada, a tocou de uma forma inapropriada e tentou beijá-la durante uma outra festa.

Para a cantora, estas duas acusações só provam que "vivemos num mundo em que toda a gente diz o que lhe apetece".

"Não quero dizer que sou 'culpada até que se prove a minha inocência', mas a verdade é que uma manchete faz muito, não é? E não se está a investigar o que seja".

"Não comento tudo aquilo que se diz sobre mim porque, se o fizer, seria uma análise ao que é verdade ou mentira na minha vida. E isso é uma distracção ao movimento #MeToo", acrescentou.