Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Dino D'Santiago

Dino d’Santiago e as ameaças neonazis: “Nunca poderia imaginar que este flagelo acontecesse no país que me deu à luz”

Dino D'Santiago diz-se chocado com as ameaças feitas por nacionalistas neonazis a ativistas antirracismo e a três deputadas. “O silêncio perante este grito será a nossa perdição”

Dino D'Santiago reagiu, no Instagram, às ameaças feitas por um novo movimento nacionalista neonazi a dez ativistas e deputadas, assumindo que nunca imaginou que "este flagelo acontecesse no país que me deu à luz".

"O silêncio perante este grito será a nossa perdição e regressão histórica irreversível", escreveu o cantor algarvio na rede social, partilhando uma reportagem televisiva sobre o assunto, "está na hora de o país unir-se de e com verdade perante este flagelo que nunca no pior dos cenários poderia imaginar que acontecesse no país que me deu à luz".

D'Santiago refere-se às ameaças enviadas por email a Mamadou Ba, dirigente da associação SOS Racismo, e a outros ativistas antirracismo, bem como a três deputadas. Na mensagem, o recém-formado movimento neonazi, que se autointitula Nova Ordem de Avis/Resistência Nacional, dá 48 horas para os visados abandonarem Portugal.

Em entrevista à BLITZ, em abril passado, Dino D'Santiago falou sobre o racismo e a xenofobia em Portugal, defendendo que "é dos países onde mais se sente a mistura, daí ser tão claro quando há casos de xenofobia e racismo. Não se conseguem disfarçar". Recorde o vídeo.