Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Duff McKagan dos Guns N' Roses: “Eu bebia 5 garrafas de vodka por dia. Numa altura em que consumia cocaína”

Numa conversa com Lily, a filha mais velha do malogrado Chris Cornell, o baixista dos Guns N' Roses 'abre o livro' sobre a sua luta contra as dependências, falando abertamente do consumo de álcool e drogas que quase o destruiu

A filha mais velha de Chris Cornell, Lily, criou uma nova série no Instagram intitulada "Mind Wide Open", onde conversará sobre questões de saúde mental com vários convidados.

O último destes foi Duff McKagan, baixista dos Guns N' Roses, que falou abertamente dos seus problemas com a ansiedade e o vício.

O músico, que revelou ter tido o seu primeiro ataque de pânico aos 16 anos, afirmou que chegou a beber "5 garrafas de vodka por dia, numa altura em que consumia cocaína".

"A cocaína não é fixe para ataques de pânico. Por isso, trazia comprimidos comigo para me acalmar da cocaína e do álcool", contou.

O seu consumo de álcool levou a um grave problema de saúde, em 1994, quando o seu pâncreas rebentou - um episódio que já havia relatado no livro "It's So Easy (And Other Lies)". Agora sóbrio, McKagan explicou que Slash, seu colega nos Guns, é hoje em dia o seu "porto seguro".

"Mind Wide Open" estará disponível no canal de Lily na IGTV, todas as segundas-feiras. Veja aqui o episódio com Duff McKagan: