Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Netflix

Morreu aos 23 anos Daisy Coleman, do documentário da Netflix “Audrie & Daisy”

Em 2016, Daisy Coleman deu a cara num documentário que conta a história de adolescentes norte-americanas que lidaram com a hostilidade da sua comunidade depois de serem vítimas de ataques sexuais

Morreu Daisy Coleman, uma das adolescentes que protagonizam o documentário "Audrie & Daisy", da Netflix.

Foi Melinda, mãe da jovem de 23 anos, quem confirmou a sua morte, por suicídio.

"Ela era a minha melhor amiga e uma filha incrível", afirmou. "Acho que ela quis demonstrar que eu poderia viver sem ela. Mas não posso".

A sua história remonta a 2012 quando, com apenas 14 anos, foi violada numa festa. O documentário, gravado em 2016, mostra a forma como a sua família lidou com o trauma e as reações hostis de que foi alvo.

Audrie Pott, a outra jovem retratada em "Audrie & Daisy", que também foi violada nesse ano, suicidou-se pouco após o incidente. O documentário está disponível na Netflix.