Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Primeiras nuvens negras sobre festivais de 2021. Mítico Glastonbury pode não acontecer

“Talvez tenhamos que esperar dois anos”, afirma Michael Eavis, organizador de um dos maiores festivais de música em todo o mundo

O fundador do festival de Glastonbury, Michael Eavis, afirmou ao canal de televisão ITV que não é certo que o evento regresse em 2021.

"Tenho esperança de que possamos estar de pé no próximo ano, e vou fazer de tudo para que isso aconteça", disse. "Mas isso não significa que o festival vá acontecer".

Eavis abordou o problema de manter as regras de distanciamento social: "Com 500 pessoas não há problema, mas com 250 mil... São demasiadas", explicou.

O promotor não se mostra, no entanto, preocupado com o futuro do festival. "Estou confiante de que sobreviverá. A única certeza é a do ano seguinte, 2022. Talvez tenhamos que esperar dois anos. Mas espero, e estamos a trabalhar para isso, que aconteça no próximo ano".