Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Moonspell

RUI VASCO

Moonspell “de mãos atadas”. “Apesar dos nossos números oficiais, continuam a bloquear a entrada a portugueses”

A banda portuguesa escreveu aos fãs, lamentando a impossibilidade de viajar. “A confusão reina”

Os Moonspell partilharam esta tarde uma mensagem de "ponto de situação" com os fãs, nas redes sociais, dizendo-se "de mãos atadas" devido à pandemia de covid-19. "O desconfinamento não tem sido fácil para ninguém. A confusão reina, há falta de critério e medo em regressar ao normal. Tudo é discutível, embora se possa entender", começa por escrever a banda.

"Como banda que viaja de avião para a maioria dos seus concertos, os Moonspell estão de mãos atadas no que respeita a alguns países que, apesar dos nossos números oficiais, continuam a bloquear a entrada a Portugueses ou a exigir períodos de quarentena", explicam, antes de perguntar aos fãs se gostariam de ver um concerto em formato live streaming.

Assumindo que já se realizam alguns concertos em Portugal, embora "poucos ou nenhuns do nosso estilo, que se vê, normalmente, de pé, sem distância social possível", Fernando Ribeiro e companhia pedem a colaboração dos admiradores: "como a saudade aperta, os Moonspell vêm perguntar se os fãs estariam interessados numa experiência cia com live streaming da banda"

"Prometemos que se o fizermos vais ver um concerto a sério, e não algo de 'sofá'. Mas gostaríamos de saber de vossa justiça. Mantenham-se atentos e dêem a vossa opinião, partilhem as vossas experiências para que algo possa ser feito, algo que orgulhe os fãs e a banda", conclui o grupo.