Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Concerto drive-in milionário dos Chainsmokers 'descamba' e preocupa autoridades

Com bilhetes a mais de 21 mil euros, espetáculo da dupla de DJs levou o público a ultrapassar os limites impostos pela pandemia

Os Chainsmokers deram um concerto nos Hamptons (no estado norte-americano de Nova Iorque), no passado sábado, que não respeitou as regras básicas de distanciamento social.

O espetáculo teve lugar num terreno de 40 hectares em Long Island, com lugares de estacionamento reservados para cada portador de bilhete.

O concerto, de beneficência teve bilhetes à venda no valor de 25 mil dólares (cerca de 21 mil euros), que incluíam uma refeição de luxo e uma viagem de helicóptero até ao local do evento.

Estiveram presentes no local mais de 600 carros, totalizando mais de 3 mil pessoas. As temperaturas de cada membro do público foram medidas à entrada, e foram dadas máscaras a quem não as tivesse mas, a dada altura, os presentes começaram a aglomerar-se sem respeitar distâncias.

Após o concerto, começaram a chover críticas tanto ao público como aos Chainsmokers, nas redes sociais. "Quando Nova Iorque tiver uma subida inevitável de casos, culpem estes brancos ricos egoístas", escreveu um utilizador.

A dupla eletrónica pretende levar este concerto a mais cidades norte-americanas nos próximos tempos, como Miami, Los Angeles ou Chicago, ainda que não tenham sido para já anunciadas quaisquer datas.