Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Demi Lovato

Demi Lovato recorda “dia milagroso” dois anos depois da overdose que quase a matou

Numa longa e emocionada mensagem, Demi Lovato recordou o dia em que quase morreu com uma overdose

Demi Lovato recordou o dia em que, há dois anos, quase morreu devido a uma overdose de drogas, chamando-lhe o seu "dia milagroso". Numa mensagem deixada aos fãs no Instagram, a artista norte-americana agradece aos médicos que a salvaram e diz que a sua vida se transformou em algo que nunca tinha sonhado.

"Hoje é o meu dia milagroso. E estou tão agradecida por ter um", começa por escrever Lovato, "apenas dois anos depois desse dia terrível, estou noiva do amor da minha vida e posso genuinamente dizer que me sinto livre dos meus demónios. De cada um deles. Nunca pensei que fosse possível sentir-me assim".

Assumindo que neste período de dois anos após a overdose se dedicou mais a ela própria do que alguma vez tinha feito: "as coisas que antes me deixavam em baixo durante semanas ou meses, agora passam como uma tempestade tropical porque a minha relação com Deus me deu uma segurança infinita".

"Muito antes de ter um anel de noivado no dedo, tinha a palavra 'eu' para me lembrar que, aconteça o que acontecer, prometo amar-me a mim própria", continua a artista, "não podemos amar alguém sem nos amarmos a nós primeiro. Agradeço a Deus por esta paz e compreensão, mas acima de tudo por me dar força para ultrapassar os meus tempos mais negros".