Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Festa do Avante

Ana Baião

Festa do Avante anuncia medidas de segurança adicionais para a edição deste ano

No suplemento do Jornal do Avante dedicado à Festa do Avante, enuncia-se uma série de medidas destinadas a "viver a vida em pleno sem descurar a proteção da saúde"

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

No suplemento do Jornal do Avante sobre a Festa do Avante, são enunciadas as medidas de segurança e higiene para que seja possível usufruir do evento, marcado para setembro, "respeitando os aspetos de saúde pública".

Sem nunca referir diretamente a pandemia de covid-19, escreve-se naquele artigo que, este ano, o recinto será aumentado: "serão cerca de mais 10.00 metros quadrados, abrindo áreas que nunca estiveram acessíveis ao visitante, o que contribui para o descongestionamento e alargamento dos espaços".

Outras medidas passam por antecipar a abertura das portas no primeiro dia do evento ("a Porta da Quinta da Princesa abrirá às 16 horas e a da Quinta do Cabo uma hora antes"); a abertura de mais portas, "para evitar o cruzamento de fluxos de entradas e saídas", e de canais de saída mais alargados; o controlo de entrada e circuitos lineares nas exposições; espaços de esplanada alargados; a presença de equipas permanentes de higienização das esplanadas e o aumento dos pontos de água e sabão na zona de restauração.

Marcado para a Atalaia, no Seixal, a 4, 5 e 6 de setembro, a Festa do Avante tem anunciados concertos de Xutos & Pontapés, Dino D'Santiago, Capicua, Aldina Duarte, Camané & Mário Laginha ou Lena d'Água, entre muitos outros.

A sua realização, este ano, tem causado polémica, dada a prevalência da pandemia de covid-19 e a consequente proibição, por parte do Governo português, de grandes eventos até ao final de setembro.