Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Peter Hook

Getty Images

“Nunca deixei de discutir com os outros membros dos New Order”. A confissão de Peter Hook

Ainda não há paz à vista numa das "guerras" mais duradouras do rock

Peter Hook deu uma entrevista à Rolling Stone, na qual afirmou que a sua disputa com os restantes Joy Division / New Order não parece ter fim à vista.

No mesmo mês em que "Closer", segundo álbum dos Joy Division, completa 40 anos de existência, Hook revelou "nunca ter deixado de discutir" com os seus antigos colegas desde que começou a tocar as canções da banda, ao vivo.

"A única coisa boa que daí saiu foi o facto de eles terem começado também a tocar Joy Division" ao vivo, disse. "Isso é bom para os fãs".

Após ser comparado a Roger Waters, baixista que também mantém uma guerra aberta contra os seus ex-colegas, Hook explicou que as diferenças entre si e os demais Joy Division não foram ainda sanadas, mesmo no que a reedições dos álbuns dos Joy Division diz respeito.

"Estive a discutir com advogados ainda esta manhã", afirmou. "É a coisa mais ridícula por que já passei na vida. O facto de me terem roubado os New Order é imperdoável".