Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Sacha Baron Cohen invade entrevista a Giuliani com biquíni cor de rosa. Antigo ‘mayor’ de Nova Iorque chama a polícia

Mais um político conservador a ser vítima de uma partida do ator de ‘Borat’: Rudolph Giuliani

Sacha Baron Cohen voltou a fazer das suas, pregando uma partida ao antigo presidente da câmara de Nova Iorque e atual conselheiro de Donald Trump.

Na passada terça-feira, Giuliani deslocou-se ao Mark Hotel, em Manhattan, para aquilo que pensava ser uma entrevista "séria" - mas que foi interrompida, pouco depois do seu início, pelo comediante.

Segundo Giuliani, em declarações ao Page Six, o criador de personagens como Ali G e Borat "entrou a correr, vestindo um biquíni cor-de-rosa com um laço". "Parecia um pateta", continuou.

Acreditando que se tratava de um engodo, Giuliani chamou a polícia, mas Cohen já não se encontrava no hotel quando as autoridades ali chegaram. O New York Post escreve que o ator foi visto pelas ruas da cidade, envergando apenas um robe.

O incidente acontece poucos dias após Sacha Baron Cohen se ter infiltrado numa manifestação de extrema-direita, fingindo ser um cantor country racista. Ainda nada foi confirmado oficialmente, mas especula-se que Cohen esteja a trabalhar na segunda temporada da sua série premiada, "Who Is America?".