Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Imagem do filme "Bohemian Rhapsody"

“Plano de génio” pode dar origem a sequela de “Bohemian Rhapsody”

Roger Taylor, baterista dos Queen, coloca a hipótese de uma sequela para o filme "Bohemian Rhapsody" se surgir um "plano de génio"

Roger Taylor, baterista dos Queen, falou sobre uma hipotética sequela para o filme "Bohemian Rhapsody" em entrevista à Rolling Stone, dizendo que apesar de não haver conversações sobre o assunto a hipótese não está totalmente fora de questão. "Acredito que precisamos de pensar durante um ano ou dois e ver se isso é uma coisa credível para se fazer", começou por dizer o músico, "o filme foi um grande sucesso e ficámos maravilhados, obviamente, mas penso que não ia gostar se nos aproveitássemos disso".

"Teríamos de ter um argumento e um cenário muito, muito bons para que isso funcionasse", continuou, "neste momento, não consigo pensar numa boa forma de fazer uma sequela". Pressionado sobre o assunto pelo jornalista, que defendeu que os últimos anos de vida do vocalista Freddie Mercury foram bastante "dramáticos" e "cheios de acontecimentos", Taylor respondeu: "isso é verdade. Esse período é pós-Live Aid. Se alguém surgir com um plano de génio, talvez pensemos sobre o assunto".

Cauteloso, acrescenta ainda que "há muitas sequelas que não são tão boas quanto o original" e que é sempre um "território perigoso". "Foi extraordinário. Fomos aos Globos de Ouro e aos BAFTAs e depois os Óscares. Foi fascinante e muito interessante vermo-nos envolvidos nisso, mas não era o nosso mundo. O nosso mundo é o rock and roll".