Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Mandy Moore e Ryan Adams em 2012

Getty Images

“Desta vez é diferente”. Ryan Adams escreve carta a pedir desculpas após alegações de vários abusos

Acusado de abusos emocionais e comportamento inapropriado por várias mulheres, incluindo a ex-esposa Mandy Moore e a revelação Phoebe Bridgers, Ryan Adams afirma que se sente arrependido e que “este é o fardo” que merece carregar. “A sobriedade e a saúde mental são as minhas prioridades na vida”

Ryan Adams escreveu uma carta pública de desculpas, após ter sido acusado, em 2019, de abusos emocionais e sexuais por parte de várias mulheres.

O caso foi revelado em fevereiro desse ano, no jornal The New York Times. Entre as vítimas estão a sua ex-mulher, Mandy Moore, e a cantautora Phoebe Bridgers.

Agora, em carta enviada ao jornal Daily Mail, Adams lamenta a forma como "maltratou as pessoas" e revelou que irá procurar obter ajuda profissional.

"Já ultrapassei o ponto em que pediria desculpa só para não arranjar chatices, e sei que qualquer pedido de desculpas meu provavelmente não será aceite por aqueles que magoei. Eu entendo, e sei que não dá para voltar atrás", escreveu.

"Muita gente vai achar que isto são desculpas vazias da treta, do género a que sempre recorri quando era acusado de algo. O que posso dizer é que desta vez é diferente. Perceber a dor que causei deu cabo de mim".

"Não há maneira de convencer as pessoas de que assim é, mas este é o fardo que mereço carregar", continuou. "Nunca me livrarei disto, e mereço ser responsabilizado pelo meu comportamento e pelas minhas ações futuras".

"A sobriedade e a saúde mental são as minhas prioridades na vida. Mas não vou aborrecer ninguém com histórias dos meus demónios, usá-los para desculpar o que fiz. Espero que as pessoas que magoei se consigam curar. E que procurem perdoar-me".