Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

O primeiro álbum dos Foo Fighters foi editado há 25 anos. “Um exorcismo” depois da morte de Kurt Cobain

“Foo Fighters” via a luz do dia a 4 de julho de 1995. Dave Grohl deixava para trás os Nirvana mas, admite agora, fazia o luto nas novas canções

Dave Grohl deu uma entrevista ao radialista Matt Wilkinson, da Apple Music, onde celebrou os 25 anos do lançamento do álbum de estreia dos Foo Fighters e relembrou uma vez mais Kurt Cobain.

Segundo explicou Grohl, compor 'This Is a Call', o primeiro grande single dos Foo Fighters, ajudou-o a ultrapassar a morte do amigo e colega.

"O sentimento dessa canção era diferente. Era mais alegre que as coisas que havia escrito antes. Especialmente após a morte do Kurt", afirmou.

"A 'This Is a Call' foi um rejuvenescer, um novo despertar, encontrei alegria em tocar e em compor. Foi como um exorcismo".

"Assim que o Kurt morreu, toda a gente se escondeu do mundo", continuou. "O nosso mundo foi virado do avesso. Havia dor, havia luto, juntámo-nos todos. Lembro-me de estar com o Krist Novoselic, a garantir que estávamos os dois bem".

"Estava preso naquele momento, por isso, saí à força do sofá e pensei: 'ok, sempre adorei tocar música e sempre adorei escrever e gravar canções. Por isso, vou fazê-lo por mim'", rematou.