Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

“Há corruptos a mais espalhados pela sociedade”. O vídeo de 'A Marcha da Polícia', a nova canção de João Gil

João Gil descreve a canção como "um manifesto pela democracia" e "um abraço à polícia"

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

João Gil partilhou há poucos dias o vídeo de uma nova canção, 'A Marcha da Polícia'.

Construído a partir de imagens da polícia norte-americana, o vídeo ilustra um tema com versos como:

"Há notícias que são falsas que querem ser verdade
Há populistas por aí que vendem felicidade
Há um mau presidente que faz mal à humanidade
Há corruptos a mais espalhados pela sociedade
Há conflito social que espellha a realidade
Há racismo evidente de grande proximidade"

João Gil começou a escrever esta letra em 2019, num dia de manifestação de agentes da PSP e guardas da GNR, em Lisboa, e terminou-a agora, descrevendo-a em declarações ao Público como "um manifesto pela democracia" e "um abraço à polícia".