Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Em 1984, Elton John casou-se com uma mulher. 36 anos depois, ela voltou para atormentá-lo

Renate manteve-se em silêncio durante décadas. Até agora

A ex-mulher de Elton John, Renate Blauel, deu entrada com um pedido de injunção contra o músico, de acordo com documentos obtidos pelo jornal The Guardian. Não são conhecidas as motivações do processo.

Renate conheceu Elton John em 1983, quando o músico se encontrava a gravar o álbum "Too Low For Zero". No ano seguinte, os dois deram o nó durante uma digressão pela Austrália, e divorciaram-se em 1988.

Após o casamento, Elton John revelou publicamente a sua homossexualidade, casando-se mais tarde com David Furnish, com quem tem dois filhos.

Renate tem-se mantido longe dos holofotes da fama desde o divórcio, ainda que a relação entre ambos tenha sido explorada pela biopic sobre Elton John, "Rocketman", lançada o ano passado. Na sua autobiografia, o músico recorda a separação: "Destrocei o coração de alguém que amava e que me amava incondicionalmente. Apesar da dor, não houve ressentimentos". "Nos anos seguintes, sempre que acontecia algo comigo, a imprensa ia para a porta dela procurando que ela me expusesse, mas ela pedia-lhes que me deixassem paz", acrescenta, revelando que só voltou a ver Renate uma única vez, quando Elton John foi pai.

Os representantes do músico não comentaram para já o caso. Este tipo de processos está normalmente relacionado com questões de privacidade, ainda que o advogado de Renate não tenha revelado qual o motivo pelo qual a ex-mulher de Elton avançou com o mesmo.