Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Diogo Carmona

Jovem ator Diogo Carmona condenado a quatro anos de prisão com pena suspensa por violência contra a avó e a mãe

O ator fica impedido de se aproximar da avó. Em 2019, foi colhido por um comboio e perdeu uma perna

O ator Diogo Carmona foi condenado a quatro anos de prisão com pena suspensa, tendo o Tribunal de Cascais dado como provados os crimes de violência doméstica contra a avó materna e ofensas à integridade física da mãe, que estiveram na base da acusação do Ministério Público.

Em sentença proferida esta segunda-feira dão-se como provados cinco crimes de ofensa à integridade física qualificada e um crime de ameaça agravada contra a mãe, Patrícia Carmona, e ainda um crime de violência doméstica contra a avó materna. Está obrigado a pagar uma indemnização de 1000 euros à avó materna e €91,90 à mãe.

O ator não poderá estar a menos de 400 metros da avó e irá participar num programa para condenados por violência doméstica.

Em outubro de 2019, foi colhido por um comboio, tendo o acidente obrigado à amputação de uma perna.

Entre os trabalhos que fez em televisão contam-se "Floribella", "Morangos Com Açúcar" e a telenovela "Dancin' Days".