Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rita Redshoes, Julinho KSD, Surma, Dino D'Santiago, Mariza e Pedro Abrunhosa

Música portuguesa em tempos de pandemia. As novidades que a covid-19 não calou

Não há fome que não dê em fartura. Confinados ou já desconfinados, são muito os artistas portugueses que ao longo dos últimos meses continuaram a criar e a divulgar música nova: e está (quase) tudo aqui

Dino D'Santiago & Julinho KSD - 'Kriolu'

Fado Bicha - 'Vou Dar de Beber à Desventura'

D'Alva - 'Só a Pensar'

Rita Redshoes & Camané - 'Contigo É Pra Perder'

Pedro Mafama - 'Não Saio'

Surma - 'Sybille'

Beatbombers & Carlão - 'Aviões'

Moullinex - 'Luz'

Pop Dell'Arte - 'The King of Europe'

Branko - 'SDDS'

Três Tristes Tigres - 'Língua Franca'

Clã - 'Armário'

Nídia - 'Capacidades'

Margarida Pinto - 'Tudo Vai Ficar Bem'

Pedro Abrunhosa & Carolina Deslandes - 'Tempestade'

Mariza - 'A Nossa Voz'

Agir - 'Alma'

Xinobi - 'Black Holes in the Sky'

Ana Bacalhau - 'Memória'

Pedro Jóia - 'A Morte Saiu à Rua'

UHF - 'Portugal (Somos Nós)'

MGDRV - 'Dá-me Tempo'

Vaiapraia - 'Fogo Fera'

Wet Bed Gang - 'Popcorn'

Holly Hood - 'Nemesis'

Noiserv - 'Por Arrasto'

Julinho KSD - 'Conclusão'

Colónia Calúnia & Pedro Mafama - 'Logo #5 (Lado Nenhum)'

Tay - 'Não Demora'

Genes - 'Conde D'Alva'

Lázaro (Pedro Geraldes) - 'Almada'