Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Os Óscares têm novas regras. Tudo em nome da diversidade

Serão 10 os filmes candidatos ao prémio mais desejado. E há outras novidades

A A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pelos Prémios da Academia - comummente conhecidos como Óscares -, anunciou uma série de novas medidas de forma a apoiar a diversidade tanto dentro da organização como na cerimónia.

Entre as mudanças para já conhecidas, está a da lista de nomeados para Melhor Filme, que passará a contar com 10 entradas fixas. O Conselho de Administração da Academia imporá também um limite aos termos de cada um dos seus governadores, para 12.

As novas medidas serão também colocadas em prática no museu da Academia, em Los Angeles, que abrirá em dezembro, bem como nas suas coleções e programas.

Desde há muito que sobre a Academia, e sobre a cerimónia dos Óscares, pairam acusações de falta de diversidade, com a hashtag de protesto #OscarsSoWhite a tornar-se viral em 2016.