Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Agir

Facebook Agir

Agir: “Dou por mim a achar que estão a olhar para mim e se calhar nem estão. É fácil um artista ficar com aversão social”

O desconforto da fama, segundo Agir: "Não é aquela coisa de não podermos sair à rua. A esse nível, se calhar, só temos o Cristiano Ronaldo". Para ouvir no Posto Emissor

Agir, o mais recente convidado do Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, falou-nos sobre os desconfortos da fama num país como Portugal. "Acho que não chegamos nem de perto àquilo por que passa um artista americano muito conhecido. A esse nível, se calhar só teremos um Cristiano Ronaldo", começa por dizer, "temos a nossa vida exposta, mas não é aquela coisa de não podermos sair à rua".

Contudo, o artista confessa ser "muito fácil ficar com alguma aversão social". "Às vezes, já dou por mim a achar que estão a olhar para mim e se calhar nem estão. Não vou cair no exagero de dizer que fico paranóico, mas fico desconfortável".

Ouça no podcast Posto Emissor, a partir dos 10m 15s.