Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Lana Del Rey partilhou vídeo de pilhagem em protestos por George Floyd. As críticas sucedem-se

“Por favor, apaga esse post”

Lana Del Rey foi duramente criticada, nas redes sociais, após ter partilhado dois vídeos das manifestações por justiça para George Floyd.

O primeiro vídeo publicado pela cantora mostrava um homem no cimo de um carro em chamas, com um cartaz onde se lia "sem justiça não há paz", e o segundo mostrava vários manifestantes a pilhar lojas.

Lana desativou os comentários para um e outro vídeo, mas é o segundo que está a gerar maior indignação, especialmente da parte de colegas de profissão como Kehlani.

"Por favor, apaga esse post. É muito perigoso e foi uma escolha infeliz", escreveu a também cantora, no Twitter. "Protesta, mas não coloques as pessoas em perigo através da tua plataforma gigantesca. E ativa a porcaria dos comentários".

Mais tarde, Kehlani explicou que a sua indignação "nada tem a ver" com Lana Del Rey, mas com o facto de o vídeo poder vir a "colocar ainda mais as vidas dos negros em perigo".

A cantora Tinashe também se juntou ao coro de críticas, de forma dura: "porque raio estás a partilhar vídeos de pessoas a fazer pilhagens? Que raio se passa contigo?", escreveu.

Lana acabaria por apagar o segundo vídeo, o que levou Kehlani a fazer o mesmo com o seu post. A autora de "Norman Fucking Rockwell" não voltou a reagir às críticas.