Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Agir

Facebook Agir

Agir: “Quando partimos um braço, pomos uma tala. [Tratar] a cabeça é mais difícil. São segundos que nos fazem passar para o lado de lá”

Agir fala do impacto da solidão na saúde mental. Para ouvir no podcast Posto Emissor

O novo single de Agir, 'Alma', explora a temática da solidão, um estado de espírito muito presente nesta pandemia de Covid-19, e o músico falou à BLITZ sobre a génese da canção. O facto de a solidão poder levar à depressão é algo de que, segundo Agir, "ninguém está livre": "às vezes, são segundos que nos fazem passar um bocado para o lado de lá".

"Costumo dizer que nós quando partimos um braço pomos uma tala e está bom", continua, "agora, a cabeça é muito difícil de controlar, principalmente em situações destas". Ouça no podcast Posto Emissor, a partir dos 8m 30s.