Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Primeira edição do festival Jardins do Marquês, em Oeiras, adiada para 2021

Mais uma "baixa" causada pela pandemia de covid-19; o festival aconteceria pela primeira vez este ano

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

A primeira edição do festival Jardins do Marquês, que se realizaria em Oeiras no próximo mês de julho, foi adiada para julho de 2021, devido à pandemia de covid-19.

"No seguimento da aprovação da proposta de lei que estabelece medidas excecionais e temporárias de resposta à pandemia no âmbito cultural e artístico, e das regras definidas pela Direção-Geral da Saúde agora conhecidas, não estão reunidas as condições para realizar o festival este ano no formato previsto, nomeadamente no que diz respeito à lotação do espaço e à experiência gastronómica", pode ler-se em comunicado da organização.

O Jardins do Marquês, que contava no cartaz com Rufus Wainwright, Cat Stevens, Nouvelle Vague, Camané & Mário Laginha, Seu Jorge & Daniel Jobim e Lighthouse Family, realizar-se-á assim de 7 a 11 de julho de 2021.

"Os bilhetes já adquiridos são válidos para as novas datas, não sendo necessária troca ou emissão de novo bilhete. Em caso de indisponibilidade, a Lei nº 19/2020 de 29 de maio assegura o reembolso do valor do bilhete através da emissão de um vale de igual valor ao preço pago", escreve-se ainda em comunicado.