Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Vicente Pinto de Abreu

Morreu o DJ Vicente Pinto de Abreu, um dos Sete Magníficos do Porto

O DJ, melómano e colecionador do Porto tinha 53 anos

Vicente Pinto de Abreu, DJ e figura conhecida do meio musical do Porto, morreu esta semana, aos 53 anos. A razão da morte não foi divulgada publicamente.

Melómano, colecionador e "consumidor compulsivo de música", como se lê na sua biografia no site da associação cultural Alínea A, Vicente Pinto de Abreu começou a trabalhar como DJ em 2000, atuando desde então em espaços como Maus Hábitos, Plano B, Passos Manuel e Café Au Lait, entre muitos outros.

Vicente Pinto de Abreu atuava a solo e também com o coletivo os 7 Magníficos, ao lado de Carlos Moura, Chico Ferrão, Miguel Dias, Pedro Mesquita, Rui Pimenta e Pedro Tenreiro.

Dos seus sets constavam sobretudo "variantes da música urbana com raízes negras como o soul, funk, disco, hip-hop, reggae, bogaloo e afro-beat", escreve também o site da Alínea A.

Licenciado pela Faculdade de Economia do Porto, Vicente Pinto de Abreu era, nas palavras do rapper Keso, que o homenageou nas redes sociais, "uma verdadeira enciclopédia de música e cinema".