Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Agir

Facebook Agir

Agir: “Não ser um festival não serve de desculpa à Festa do Avante. O problema é ter muita gente junta”

“Há algum concerto ao ar livre em que as pessoas não se abracem ou cantem juntas?”. A opinião de Agir sobre a possibilidade de realização da festa do PCP. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Agir reagiu à possibilidade de a Festa do Avante, onde já atuou, se realizar, nos dias 4, 5 e 6 de setembro, dizendo que o facto de não ser um festival "não serve de desculpa". O músico reagiu desta forma ao facto de, apesar de os festivais estarem proibidos em Portugal até 30 de setembro, ter ficado em aberto a possibilidade de se realizarem eventos que sejam identificados pelos promotores como sendo de natureza política, religiosa ou social e não como festivais ou eventos análogos.

"O problema aqui não é se é um festival ou se não é, o problema é ter um ajuntamento de pessoas", começa por dizer o músico, "qual o motivo que leva as pessoas a saírem à rua pode ser discutível, mas o importante é que a juntarem-se na rua obedeçam às regras que estão a ser dadas. Não ser um festival não serve de desculpa à Festa do Avante. O problema é ter muita gente junta”. Ouça no podcast Posto Emissor, a partir dos 30m e 40s.