Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Grimes está a vender parte da sua alma à melhor oferta

Tudo pela arte. 10 milhões de dólares podem não chegar

Grimes resolveu vender parte da sua alma a quem oferecer mais dinheiro. A artista canadiana, que se tornou mãe recentemente, tem um novo projeto artístico e se no início achou que a sua alma valia 10 milhões de dólares (aproximadamente 9 milhões de euros) agora decidiu retirar o preço e aguardar pelas ofertas.

"Selling Out" é o nome que deu à obra, que será apresentada em conjunto com as galerias Platform e Maccarone, em Los Angeles, entre 28 de maio e 3 de junho. Na exposição, estarão também presentes desenhos, impressões digitais, fotografias e outros trabalhos criados por Grimes na última década, e que a própria apresenta como "uma continuação" da sua música. Veja aqui.

Quem adquirir "Selling Out" ficará com um documento legal que afiança que passa a deter uma percentagem (ainda não definida) da alma da artista. "Quanto mais a fundo trabalhávamos, mais interessante em termos filosóficos se tornou a ideia. E também queria colaborar com o meu advogado em termos artísticos. A ideia de ter arte fantástica na forma de documentos legais parece-me bastante intrigante", disse Grimes ao site Bloomberg.

Os outros trabalhos presentes na exposição serão vendidos a preços definidos pela artista como não "proibitivamente caros", variando entre os 500 dólares e os 15 mil dólares (entre 450 e 13500 euros). A ideia surgiu enquanto Grimes gravava o seu mais recente álbum, "Miss Anthropocene" e se preparava para dar à luz X Æ A-Xii, o filho que teve com Elon Musk.