Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Mota Jr

Instagram Mota Jr

Suspeito da morte do rapper Mota Jr foi detido no Porto

Chegou ao Porto num voo proveniente de Londres quando foi detido pelas autoridades. É investigado por roubo, sequestro e provável homicídio

O suspeito da morte do rapper Mota Jr foi detido esta terça-feira, no Porto.

Cidadão português, de 26 anos, o suspeito chegava de um voo proveniente de Londres quando foi detido pelas autoridades no Aeroporto Sá Carneiro, no Porto.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras confirma a detenção, num comunicado onde se lê que o suspeito é "investigado por crimes de roubo, sequestro e provável homicídio, alvo de um mandado de captura e detenção para efeitos de extradição emitido por Portugal".

O cidadão foi "intercetado no decorrer de um controlo de fronteira efetuado a um voo proveniente de Stansted, Londres". "Em cumprimento do pedido de paradeiro policial, o cidadão foi entregue à Polícia Judiciária", refere a nota do SEF.

Segundo o Correio da Manhã, o principal suspeito do homicídio vivia na Grande Lisboa e tem família em Manchester, no Reino Unido, tendo aí vivido nos últimos dois meses, imediatamente a seguir ao homicídio. Segundo este jornal, no crime terão participado dois cúmplices, um dos quais poderá estar ainda em Inglaterra.

O rapper português David Mota, conhecido artisticamente como Mota Jr foi encontrado morto a 19 de maio nas imediações de Sesimbra, depois de estar dois meses desaparecido. O roubo de dinheiro e joias, consumado pelos assaltantes, terá sido a motivação do crime.