Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rita Redshoes

Rita Redshoes: “Gosto muito de futebol, mas percebi que sobrevivemos sem jogos. É possível viver sem futebol!”

Filha de um ex-jogador do Sporting e adepta fervorosa do clube de Alvalade, Rita Redshoes conta-nos como está a ser sobreviver sem jogos durante o período de isolamento devido à pandemia de Covid-19. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Rita Redshoes, filha do ex-jogador e treinador-adjunto do Sporting Carlos Pereira e fervorosa adepta do clube de Alvalade, falou-nos sobre como tem sido sobreviver sem futebol durante o período de isolamento devido à pandemia de Covid-19. No novo episódio do Posto Emissor, o podcast da BLITZ, a artista lisboeta diz que achou "muito interessante" perceber que consegue viver sem jogos.

Questionada sobre o regresso dos jogos de futebol, à porta fechada e sem público, a 5 de junho, Redshoes começa por explicar que gosta muito da modalidade desportiva porque, em criança, se habituou a acompanhar o pai e o tio, ambos jogadores. E acrescenta, de seguida: "o meu namorado também é viciado em futebol e eu disse 'uau, conseguiste sobreviver sem haver jogos'. Acho que isso é uma coisa importante. É possível viver sem futebol e sem outras coisas!".

Pode ouvir aqui, no Posto Emissor com Rita Redshoes, a partir dos 20m 07s.