Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Festival Coachella passou para outubro mas pode ser adiado outra vez

2020 poderá ser um ano perdido, consideram agentes ouvidos pelo New York Times

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Foi um dos primeiros grandes festivais a ser adiados devido à covid-19, e poderá mesmo não se realizar este ano. O festival de Coachella, um dos maiores dos Estados Unidos e do mundo, foi inicialmente transferido de abril para outubro, mas o New York Times noticia que é provável que as datas do evento, no qual atuariam Rage Against the Machine, Lana Del Rey ou Frank Ocean, venham a sofrer uma nova alteração.

Apesar de os responsáveis pelo festival preferirem não comentar esta possibilidade, aquele jornal garante que muitos agentes olham já para 2020 como um ano perdido, tanto na música como noutros espetáculos, de dança, teatro ou ópera.

"Apesar de sabermos que estão a ser feitos grandes desenvolvimentos na procura de uma vacina e de testes, tendo em conta o tempo que demora a preparar uma digressão e as incertezas que temos agora, não esperamos que venha a haver muitas digressões no outono", afirmou ao NYT Joe Berchtold, presidente da Live Nation, uma das maiores produtoras de espetáculos do mundo.

Nos Estados Unidos, os museus estão a reabrir e a produção televisiva e de cinema está a ser retomada, com cautela. Mas o regresso da música poderá ser mais demorado, conclui o New York Times.