Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Ariana Grande

Getty Images

Três anos depois do atentado no seu concerto, Ariana Grande recorda: "Não há um dia em que isto não nos afete a todos"

Em maio de 2017, um ataque terrorista causou a morte de 22 pessoas que saíam de um concerto de Ariana Grande, em Manchester

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Há três anos, um ataque terrorista à saída de um concerto de Ariana Grande em Manchester, Inglaterra, matou 22 pessoas e fez quase mil feridos.

Agora, a cantora norte-americana recordou o atentado, enviando uma mensagem à população daquela cidade.

"Quero enviar o meu amor a todas as pessoas que estejam a sentir a tristeza e o peso tremendo do aniversário que aí vem", escreveu a artista numa story de Instagram. "Ainda não há um dia em que isto não vos afete a vocês e a nós todos. Pensarei em vocês nos próximos dias".

O atentado aconteceu a 22 de maio de 2017, na Manchester Arena, à qual Ariana Grande já voltou, em 2019, para atuar no festival Pride.