Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Michael Bublé e a mulher, a atriz Luisana Lopilato

Getty Images

“Enviaram-nos fotografias de armas e de facas”. Michael Bublé e a família recebem ameaças de morte depois de controvérsia nas redes sociais

O cantor canadiano Michael Bublé foi acusado de maltratar a mulher num vídeo e as ameaças de morte não tardaram

Michael Bublé e a família estão a ser alvo de ameaças de morte depois de, no mês passado, ter sido acusado por fãs enfurecidos de maltratar a mulher, a atriz argentina Luisana Lopilato, durante um vídeo gravado ao vivo no Instagram. "Recebemos muito amor das pessoas, mas não imaginam a quantidade de fotografias que me enviaram fotografias com armas a dizer que iam matar o Mike quando ele chegasse à argentina", revelou a atriz em entrevista ao programa de televisão argentino "Intrusos".

"Também recebi fotografias de facas de pessoas a rir-se e a dizer que iam cortar-lhe os dedos, deixar uma bomba para nós ou espancá-lo", acrescentou ainda Lopilato, "deixou-me com medo e ainda me deixa um pouco assustada. Não é agradável receber ameaças de morte. Houve muitas ameaças. As mensagens positivas que recebemos foram mais mas estou preocupada com a minha família. Sofri muito com o que aconteceu".

A atriz volta a sair em defesa do marido, que, no referido vídeo a empurra de forma brusca, como já tinha feito no momento da polémica, explicando que Bublé nunca foi agressivo com ela e dizendo que foram alvos de uma campanha de "falsas notícias". "O Mike é um gentleman que está sempre preocupado a tentar fazer-me ainda mais feliz do que já sou".