Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Diogo Piçarra

Rita Carmo

Diogo Piçarra: "Quando comecei a sair à rua de máscara perguntavam-me se estava disfarçado ou se era um assalto"

Diogo Piçarra começou a andar de máscara mal a sua filha, Penélope, nasceu. E não se livrou de ouvir algumas "bocas". No Posto Emissor desta semana

Diogo Piçarra, convidado do Posto Emissor desta semana, falou sobre a forma como tem vivido estes tempos de confinamento, causados pela pandemia de covid-19 - que, no seu caso, coincidiram com o nascimento da sua primeira filha, Penélope, no início de março.

"Um ou dois dias depois de ela nascer, proibiram as visitas no hospital", recorda. "Para ir vê-la, tinha de ir de máscara e lembro-me que era o único a fazê-lo. Quando ia aos correios ou ao mercado, as pessoas estranhavam. Ainda levei com bocas como: 'então, está disfarçado?' ou 'isto é um assalto!'".

Pode ouvir o Posto Emissor com Diogo Piçarra aqui. Esta resposta começa pelos 6m 30s.