Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Soundgarden processam viúva de Chris Cornell

Ficam feias as relações entre os Soundgarden e Vicky Cornell

Os Soundgarden processaram a viúva de Chris Cornell, Vicky, acusando-a de "fraude" por ter, alegadamente, utilizado os lucros de um espetáculo de beneficência "em seu proveito próprio".

De acordo com o processo, obtido pela revista Rolling Stone, os Soundgarden afirmam ter feito um "acordo verbal" com Vicky para atuar de graça no espetáculo "I Am the Highway: A Tribute to Chris Cornell", em janeiro de 2019.

No entanto, os lucros obtidos com esse mesmo espetáculo - "muitos milhões de dólares", escreve a banda - não foram utilizados para fins de caridade, e sim apropriados por Vicky Cornell.

Os Soundgarden dizem-se "lesados", e acrescentam que a sua reputação terá sido "manchada" pelo incidente.

O advogado de Vicky, Marty Singer, já comentou este processo, que disse ter sido fruto do "desespero".

"Estas alegações não mudam o facto de que eles declararam, de forma imprópria, que as últimas gravações criadas exclusivamente pelo Chris eram propriedade sua. E são eles que têm impedido que a viúva e os filhos de Chris recebam somas avultadas" dos royalties, acrescentou.

O advogado esclarece ainda que os Soundgarden receberam "78 mil dólares" para atuar no espetáculo em questão, e que as suas alegações são "falsas e difamatórias",