Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Festival Afro Nation adiado para 2021

A organização vai permitir que quem tinha bilhete para a edição deste ano, adiada para 2021 devido à pandemia, revenda os ingressos numa "plataforma oficial". Festival acontece em Portimão, no Algarve

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

O festival Afro Nation, que se realizaria este verão em Portimão, foi adiado para os dias 1, 2 e 3 de julho de 2021.

Em virtude da pandemia de covid-19 e da diretiva do governo português sobre eventos de grande escala até 30 de setembro, a organização do festival optou por adiá-lo para o próximo ano.

Em comunicado, informa-se que os bilhetes já comprados serão válidos para 2021 e que "os promotores abrem a possibilidade aos seus clientes de, caso desejarem, poderem colocar à venda os seus bilhetes, através de uma plataforma oficial de revenda".

No mesmo comunicado, pode ler-se que o cartaz de 2021 mantém os cabeças de cartaz anunciados para 2020: Wizkid, Beenie Man, French Montana, Tory Lanez, Diamond Platinumz e Chronixx, acrescentando Burna Boy, Davido, Skepta, Yemi Alade e Mavado, entre outros.

À BLITZ, na semana passada, Tiago Castelo Branco, da promotora Mot, revelou que este é um festival dirigido sobretudo ao público britânico, que marcou presença na edição do ano passado e, este ano, comprara também a maioria dos bilhetes.

"Os promotores do evento, que em Portugal têm como parceiro a produtora MOT, irão aguardar pela legislação que vier a ser aprovada, garantindo que cumprirão escrupulosamente a lei portuguesa e todos os direitos dos consumidores", remata a organização do Afro Nation.

O cartaz do Afro Nation 2021

O cartaz do Afro Nation 2021