Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Diogo Piçarra

Rita Carmo

Diogo Piçarra: “A fama traz sempre um lado negro. Eu percebo o que se passou com o Chester Bennington dos Linkin Park”

“É um mundo cão. A fama não traz nada de bom”, afirma peremptoriamente Diogo Piçarra. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Convidado do Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Diogo Piçarra falou sobre o aspeto menos positivo de ser uma figura pública.

"A fama traz sempre um lado negro", afirma o músico algarvio. "Eu percebo muito do que aconteceu com o Chester", diz, referindo-se a um dos seus heróis, Chester Bennington, dos Linkin Park, que se suicidou em 2017. "É cansativo, é esgotante, é muita pressão", considera, lembrando a dimensão "galáctica" de bandas como os Linkin Park, conhecidos em todo o mundo.

Pode ouvir aqui o Posto Emissor com Diogo Piçarra. Esta resposta começa pelos 26m 30s.

  • Posto Emissor #16: BLITZ convida Diogo Piçarra. Da mudança de fraldas ao lado negro da fama

    Notícias

    Este é o Posto Emissor, todas as quintas-feiras na Blitz, no Expresso e nas principais plataformas de podcasts. Diogo Piçarra é o convidado da semana. Depois de ser pai e de se ver obrigado a adiar um concerto esgotado em Lisboa, o cantor algarvio fala-nos de cortes de cabelo em isolamento, o nascimento da filha e o lado mais negro da fama. Mark Lanegan, o nome da filha de Grimes e Elon Musk e o ponto de situação de concertos e festivais em Portugal são outros temas desta edição